domingo, 20 de junho de 2010

DISCIPLINA EM SALA DE AULA


O que pode causar problemas de disciplina?
Crianças - A sala - O professor?

1 - AS CRIANÇAS

Crianças inquietas
Têm um período breve de atenção; Ficam mais agitadas quando o professor dá uma aula e não permite que eles participem; Não conseguem ficar sentadas por muito tempo sem atividades com movimentos. Sugestões: Supere isto com participações como cânticos rápidos com movimentos e por último cânticos lentos; brincadeiras de visão; atividades enquanto repetem versículos para memorizar; antes de começar uma história cante algo para chamar a atenção, etc.
** Crianças egocêntricas
Querem ser o centro das atenções; Não pensam nos sentimentos dos demais. Sugestões: Supere isto com conselhos pessoais e muita oração. Cristo deve ser preeminente na vida, não o “eu”. O amor pensa nos outros! Realize atividades em duplas, trios, divida responsabilidades, peça ajuda na arrumação, no lanche; explique a importância de amar, cuidar, servir o outro.
** Crianças desenfreadas
Fazem o que querem em casa; Impacientes, rudes, iradas, ciumentas. Sugestões: Supere isto com o ensino da palavra por preceito e exemplo. Dê formas específicas em que as crianças possam ser amáveis. Dê exemplo de personagens bíblicos que pensavam antes de agir. Lembre-as o local em que estão, o motivo de estarem na Igreja e o que Deus pensa de tais atitudes. ** Crianças maliciosas Podem estar passando por situações difíceis em casa (por exemplo: divórcio, pais negligentes, abuso, doenças mentais...); Má escolha de amizade; Violência vista na televisão, Falta de modelos apropriados, Uso de álcool ou drogas. Sugestões: Supere isto ao ensinar e viver o amor de Cristo. Ore constantemente por esta criança; ela necessita da ajuda de Deus. Confie que o Senhor fará que a Palavra de Deus toque em seu coração e tenha vitória .

2- A SALA

* Uma sala desordenada leva as crianças a serem desordenadas;
*
Pouca luz ou muito brilhante;
*
Sala muito fria ou muito quente;
*
Cadeiras de tamanho inadequado; Sugestões: Remova as distrações antes da aula; Recolha os brinquedos que as crianças tenham trazido antes da aula; Diminua as interrupções.

3- O PROFESSOR

**Falta de preparo - Professor que não prepara a aula com antecedência, fica perdido em sala e não sabe o que fazer.
“Maldito o que faz com negligência o trabalho do Senhor”. (Jeremias 48:10) ** Falta de organização - Professor que deixa as crianças dominarem o ambiente, fazerem tudo o que querem, deixa os brinquedos pelo chão, cadeiras desarrumadas, papel, tesoura, lápis e outros materiais espalhados pela classe. As crianças são desorganizadas por natureza, o professor não pode ser; ao contrário, deve ensiná-las e treiná-las a serem organizadas. Sugestões: Faça um esboço da aula; pratique-a em voz alta; Planeje um horário para seu tempo de ensino; Decida como ensinar o versículo; Organize os visuais e ponha-os na ordem em que vai usá-los. Ao entregar um material ou brinquedo só o faça depois de guardar o que não será mais utilizado. Incentive as crianças a recolherem o que cai no chão, a jogar o lixo no lixo.
** Fracasso em conseguir a atenção das crianças antes de começar Sugestões: Faça uma dinâmica, uma atividade atrativa com músicas, movimentos, brincadeiras ou fantoches para introduzir a aula. ** Falta de autoridade Sugestões: Imponha autoridade por sua atitude e exemplo; Não seja autoritário nem permissivo. O tom de voz é muito importante, falar olhando nos olhos da criança, falar pausadamente.
**Linguagem pobre
. Sugestões: A mudança do tom, ritmo e volume ajudará a manter a atenção; Na medida do possível, modifique o tom de voz dos personagens da história que está contando. Não use palavras que estejam muito abaixo do nível de seus alunos, não os trate como bebês, nem use vocabulário que não possam entender. Seja equilibrado.
** Mau exemplo.
Sugestões: O professor tem que viver o que ensina; Não se distraia com conversas com outros professores na hora da aula. No momento da aula, você precisa ter toda sua atenção voltada para as crianças. Mesmo no momento das brincadeiras, é importante que você se aproxime delas, conquiste as que são frias e distantes, brinque com elas, converse, você precisa fazer parte da vida delas. VEJA A EQUAÇÃO: Oração + Preparação adequada + Apresentação apropriada da lição = um aluno sem problema de disciplina. O professor é a chave para uma classe bem disciplinada. OUTROS LEMBRETES IMPORTANTES!
1) Seja coerente: faça o que diz! Não prometa ou faça ameaças que não possa cumprir.
2) Não se desculpe por inabilidades

3) Evite correções verbais constantes como: “Calem-se”, “Sentem-se quietos!” Ao contrário, quando estiverem muito desordenados, chame-os para outra atividade.

4) Use uma forma positiva como: “Queridos, andem sem fazer barulhos...” em vez de: “Não corram!”...
5) Evite gritar; Elogie as crianças livremente; especialmente as mais bagunceiras quando estiverem comportadas.
6) Deixem que se divirtam antes ou depois da lição; use brincadeiras e músicas movimentadas. Crianças possuem muita energia e precisam gastá-la de alguma forma; se não for fazendo atividades dirigidas pela professora, será fazendo bagunça.

7) Prepare ATIVIDADES EXTRAS, como jogos (ex: vivo ou morto, dança da cadeira), caso o culto se estenda.

8) Mesmo que tenha apenas 1 criança na sala, não deixe passar a oportunidade de ensiná-la. Valorize-a!

9) PROCURE AJUDA! Chame os líderes e/ou os responsáveis pela criança que não se comporta.
Como podemos prevenir que os problemas de disciplina aconteçam? A disciplina não depende de ter um grupo de alunos com bons modos, senão de ter um professor que combate os problemas antes que surjam. Descubra seus alunos (Pastoreie-os). Veja a criança como um indivíduo. Conheça as características básicas da idade das crianças com quem trabalha. Compreenda que as crianças diferem em necessidades e respostas. Conheça o que há por trás de cada criança, seus interesses, ambições, dificuldades, necessidades, níveis de maturidade,... Interceda por elas; Saiba estabelecer bons modos. Dê instruções claras. Diminua suas exigências e expectativas; estabeleça regras Corrija o comportamento errado com amor; Investigue a sua vida. Você está agindo como um exemplo que as crianças devam seguir? Planeje sua lição/ aula; Demonstre amor e atenção por cada criança. Aceite a criança do jeito que ela é: olhe além da superfície. Dê a criança palavras de estímulo. Ouça o que ela diz e como diz; Introduza seus alunos na vida cristã, discipulando-os, ensinando valores e princípios cristãos; Nunca perca o controle! Você não ganhará o controle da classe, perdendo seu autocontrole. O professor precisa estar calmo, cheio do Espírito, controlado pelo Espírito. Deus nos adverte quanto à ira (Prov 14:17,29; 15:1,18: 16:32; 19:11; 25:28,29:20,22); Assegure-se de evangelizá-las e educá-las. Leve-os à Cristo. Ensine-lhes a Palavra para que possam crescer.
Fonte: APEC / Adap. Luci Ellen Luz

0 comentários:

Postar um comentário